Shop

Descrição

“Zugrunde Gehen: O trabalho da psicanálise”, autor: Leonardo Adalberto Francischelli.

Zugrunde Gehen seria como descer aos fundos do inferno e logo retornar, claro que muito diferente de como se desceu.

“Por que Psicanálise Vincular?”, autores: Ana Rosa Trachtenberg, Angela Piva, Cynara Kopitteke, Denise Zimpek, Gilda Fogaça Soares, Paulo Picarelli Ferreira, Jussara Korbes, Rosa Avritchir e Vera Homrich Pereira de Mello.

“Por que Psicanálise Vincular?”, produção do Núcleo de Vínculos da Sociedade Brasileira de Psicanálise de Porto Alegre. “Nossa valsa compõe-se de passos grupais e alguns solos, criados ao longo do percurso do Núcleo. A coreografia presta homenagem a mestres que nos ensinaram a arte de dançar no terreno dos vínculos: Isidoro Berenstein, Janine Puget e René Kaes, Haydée Faimberg, entre tantos importantes outros autores.”

“A função po-ética na psicanálise: sobre o estilo nas psicoses”, autora Priscilla Machado de Souza.

“A função po-ética na psicanálise: sobre o estilo nas psicoses” segue a indicação de Jacques Lacan de “não retroceder” diante desta clínica, cuja resposta automática do social (ainda!) apela à medicalização e à segregação como vias principais. Ao não recuar, a obra propõe um mergulho na poesia através do encontro da clínica psicanalítica das psicoses com esta herança transversal do ensino de Lacan: o estilo.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Psicanálise Hoje”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Mostardeiro 157 (51) 3346-5795 criacaohumana@hotmail.com
Sempre uma ideia nova,
para colocar na roda e discutir.